Gilberto Stone

Textos

PAI
Ainda sinto o calor da tua mão segurando a minha
O teu olhar doce e severo.
No medo do escuro o teu abraço confortador e seguro.
A tua alegria quando nos banhávamos no riacho.
Eras naquele momento mais menino do que pai...
Estas lembranças são a minha melhor herança,
Esperança necessária de um mundo melhor pra mim.
Gilberto Stone
Enviado por Gilberto Stone em 30/07/2012
Alterado em 01/08/2012


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras