Gilberto Stone

Textos

CHORO AZUL
No azul do teu olhar o céu a me esperar
Tuas mãos nas minhas mãos profunda emoção
E elevado no azul deste amor te dei meu coração
No teu sereno olhar busquei a inspiração
Fiz este Choro Azul para te ofertar
A tua voz colorindo as canções
Eu e tu e o violão que emoções!
Flutuando neste amor
Eu até pensei e tentei alguns versos compor
Mas sei que poeta eu não sou
Mas preciso dizer que te amo demais
E as palavras são pobres prá eu revelar
O amor ´que é tão grande e eu tenho sempre pra te dar
E quando a vida chegar ao final
Prá quem amar nós iremos deixar
Nossas canções de amor e de paz
E de ternura pra se eternizar
E transformados em estrelas
Brilhando na imensidão
E no infinito nós dois numa pauta de luz
Então vamos compor
O poema talvez mais bonito que alguém já escreveu
E no infinito nós dois numa pauta de luz então vamos compor
O poema talvez mais bonito que alguem já escreveu
Todas canções de amor
Trago em forma de flores pra te oferecer
No azul do teu olhar o céu a me esperar...

( letra para o choro de mesmo nome de Paulo Sarmento Filho)

Gilberto Stone
Enviado por Gilberto Stone em 17/05/2007
Alterado em 11/11/2010


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras