Gilberto Stone

Textos

ASAS DA SERENIDADE
Não quero só a aspereza da verdade
Quero a serenidade dos mares afagando nossos pés na areia.
A leveza das gaivotas sobrevoando os azuis
Anjos pegando carona em suas asas
Flores bordando as ruas das cidades
Uma revolução de bondades
Transformadoras de mundos
Mundos de felicidades
Gilberto Stone
Enviado por Gilberto Stone em 18/12/2019


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras