Gilberto Stone

Textos

SANTA DOS ANJOS
Santa dos Anjos nasceu no distrito de Vagininha, nome oficializado por engano do escrivão no cartório local quando deveria se chamar distrito de Vagenzinha.
Após o parto sua mãe decidiu que ela se chamaria Santa dos Anjos porque idealizava que sua filha fosse ordenada freira.
Santinha, quando adolescente, tomando consciência das aspirações de sua mãe, passou a ficar temerosa que fosse obrigada a realizar sua determinação.
Sonhava poder encontrar um namorado pra poder sair daquele fundão de lugar quando só passava algum viajante perdido procurando informações qual o caminho a seguir pra chegar a sede do município.
Agora na maior idade, cansada de esperar e com desejos ardentes percorrendo todo o seu corpo, ela decidiu fugir para a cidade.
Lá chegando, determinada a entregar seu corpo, foi procurar um bordel. Foi muito bem recebida por Soraia, dona do prostíbulo que ficou muito satisfeita porque carne nova era sempre uma atração para os seus clientes que lhe renderiam um lucro substancial.
Santa dos Anjos entregou sua virgindade com tamanha volúpia que logo se transformou uma notável atração para aquele lugar.
Aproveitando-se do prestígio de Santinha, o Prefeito local ofereceu-lhe um cargo na Prefeitura pra que ela influenciasse seus clientes a votarem a favor de sua reeleição, fato que foi sucedido indefinidamente.
Passaram-se os anos e ela já velha e cansada deitou-se para descansar e nunca mais acordou.
No seu funeral compareceram apenas algumas colegas de trabalho.
O Prefeito, reconhecido pela colaboração da falecida, mandou fazer um busto em sua homenagem onde constavam os seguintes dizeres:
A COMUNIDADE DO MUNICÍPIO SAUDOSAMENTE AGRADECE A SANTA DOS ANJOS, POPULARMENTE CONHECIDA COMO “SANTINHA” POR SERVIÇOS PRESTADOS À SUA VAGININHA.

Gilberto Stone
Enviado por Gilberto Stone em 16/01/2020
Alterado em 03/04/2020


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras