Gilberto Stone

Textos

MINHA PRIMEIRA PAIXÃO
Meu primeiro amor nasceu da inocência que se entregou à voracidade de uma paixão.
Morreu consumido pelas brasas impiedosa da realidade  que o transformou em cinzas que o vento, delicadamente,   generosamente, colocou sobre pétalas de rosas pra que fertifertilizasse e renascesse apenas afagado pelas lembranças.
Gilberto Stone
Enviado por Gilberto Stone em 26/02/2020


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras